O que você sabe sobre o Autismo leve?

          O autismo leve pode ser diagnosticado em qualquer fase da vida e não tem cura, mas ele geralmente é diagnosticado na infância quando a criança apresenta algumas características do autismo, que podem ser observadas pelos familiares ou professores, por exemplo.

Os primeiros sintomas do autismo leve podem ser observados quando a criança, entre os 3 e 5 anos de idade, já apresenta dificuldades no relacionamento, na fala e na interação com os outros.

 

Os sintomas e características do autismo leve podem abranger uma destas 3 áreas:

  • Problemas na comunicação, como não conseguir falar corretamente, dar uso indevido às palavras, não saber expressar-se utilizando palavras;
  • Dificuldade na socialização, como dificuldade em ter amigos, em iniciar ou manter uma conversa, olhar nos olhos;
  • Alterações de comportamento, como padrão repetitivo de movimentos e fixação por objetos.
  • Relacionamento interpessoal afetado;

  • Riso inapropriado;

  • Não olhar nos olhos;

  • Frieza emocional;

  • Poucas demostrações de dor;

  • Gostar de brincar sempre com o mesmo brinquedo ou objeto;

  • Dificuldade em focar-se numa tarefa simples e concretizá-la;

  • Prefere ficar só do que brincar com outras crianças;

  • Aparentemente não ter medo nenhum de situações perigosas;

  • Ficar repetindo palavras ou frase em locais inapropriados;

  • Não responde quando é chamado pelo nome como se fosse surdo;

  • Acessos de raiva;

  • Dificuldade em expressar seus sentimentos com fala ou gestos. 

          Os autistas leves geralmente são muito inteligentes e extremamente sensíveis a mudanças inesperadas. O diagnóstico do autismo leve pode

ser feito pelo psiquiatra em qualquer fase da vida do indivíduo, mas geralmente ocorre na infância.

O que fazer se suspeitar de autismo leve?
Em caso de suspeita de autismo leve deve-se conversar com um psicólogo ou levar a criança ao pediatra para que sejam realizados testes que ajudam no diagnóstico.

O comportamento da criança deve ser avaliado pelos seus familiares e também pela escola, se a criança a frequentar. Por vezes, o autismo leve meses até ser diagnosticado porque é comum que achem que a criança é mal educada ou faz birras porque suas características não são tão claras como ocorre no autismo.

Como lidar com o autismo leve?
O tratamento para o autismo leve nem sempre é necessário, mas pode ser feito através da psicoterapia, por exemplo. Esta ciência irá ajudar o autista a se desenvolver e a interagir melhor com os outros, facilitando sua vida e a dos demais.

A maioria dos autistas necessita de auxilio para a realização de algumas tarefas, mas é capaz de adquirir independência para realizar a maioria das atividades de vida diária, mas tudo vai depender do seu grau de comprometimento e interesse.

Endereço

Rua Aniceto Lima, 42,  Centro - Umbaúba/SE

Fone: (79) 3546-1364

Cel: (79) 9888-1956 Vivo

E-mail:O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Arquivos

Facebook

Depoimentos

Galeria de Imagens